Check Page Rank
Bom Dia, hoje é dia 22 de Agosto de 2017 - Praia Grande / São Paulo
 
Tipo:
Finalidade:
Cidade:
Código:  
 
Principal Sobre o Corretor Pesquisa Completa Cadastre seu Imóvel Fale Conosco
  Apartamento
  Casa
  Comercial
  Terreno
  Lançamentos
  Em Construção
  Prontos para Morar
  Pré-Lançamento
 
 
A evolução da corretagem no mercado On Line – “O Corretor On Line”
Algo...Foi esquecido
Artigos- Cronicas - Poemas
FORMATO DE ATENDIMENTO AO CLIENTE
Pinturas do Corretor
PRAIA GRANDE - SP
Notícias
Links Úteis
Parceiros
 Newsletter
Cadastre seu e-mail e receba novidades exclusivas.
7521 Informe o
código ao lado:
Artigos- Cronicas - Poemas
 
 A  PARTE ... QUE NOS CABE
Autor:Antonio Souza

Um traço marcante...                                                                                   f.1
Naquela linha no horizonte
Cheia de recortes...Do Céu!
Do Mar! Minhas  miragens
Dormem no amarelo fogo
Que tingem aquelas silhuetas
 
Aprumo o corpo...solitário!
Num banco de madeira a
Beira mar...as horas passam
Pássaros voam em algazarras
No toque surdo das ondas
Cheia de odores...na praia
 
Tudo se modifica...nada
É exatamente,como ontem
As alegrias,as tristezas as
Saudades...penso! nas
Desavenças indigestas
Exaustivamente expostas
 
Releio minhas origens
Num passado... cheio de
Aventuras pela sobrevivência
Imposto desde o berço
Numa temperamental
Costuras dos egos-relutantes
 
Desvio meu olhar ao
Brilho estampado do sol
Num avião...que passa
Um atributo subjetivo
Usado em proveito próprio
Eu aqui...absorto!
 
Como um velho lobo do mar
Cansado, sem malimolencia
Aqui estou me carregando
Vivendo! Instigo a memória
Com as migalhas oferecidas
De tantos anos trabalhados
 
Haja bocas pra sustentar
A minha própria!boca
Movimento os olhos na
Orgia vivas de folhas
 No vento a lhes roçar
Um contraponto!
 
 
Vôo para o meu interior                                                                               f..2
Minha consciência absoluta
Sou republicano
Nem só de novela vive
A família brasileira
Toca-se uma Republica
 
Vivemos uma demanda
De Mercado!Democracia
O brasileiro demanda
Por Democracia
Vislumbro vive-la,em sua
Plenitude ...Tenho tempo?
 
Aprender as concretas
Políticas republicanas
Tudo se atrofia sem educação
O povo fala a Republica
Você nos trouxe a Democracia
Vivem de mãos dadas
 
 Viva a Vida ...Viva a Republica.que
        Poderia ser Parlamentarista,onde a
 Velha política...velhos dogmas se
 Afogariam.Mas! temos Direitos e
 Deveres e temos obrigações
 Obrigados!...
 
A votar! Uma obrigatoriedade
Em nossa democracia para
Escolher um ficha limpa a
Escolha tem que ser Democratica
Não preciso votar pra viver
Uma Democracia
 
De nossas entranhas civis
Saem as matizes políticas
Que regem este país uns
Aparecem como cometa no
Vácuo político ,outros farão
A graça e desgraça de um povo
 
Minhas relações sociais em
Favor da Democracia
Rivalizar a espontaneidade
Vivenciada onde o sol esparrama
Luz... haja comunicação sem
Informação não há democracia
 
Da Justiça nada posso falar                                                                         f.3
Só querer  ... Justiça! Das injustiças
Tudo posso compreender
Caros processos ...caros juízes!
Democracia e Justiça...Amantes
       Plenitude amorosa ,feita para o povo
 
       Revigoro meus pensamentos
       Mas ainda há tanto corporativismo
       Fico em pé,absorvendo esta brisa
       Marinha!,o sol sufocante lá se vai
       A manhã ,deitada em nuvens
       Quebradiças,coloco meu óculos escuro
 
       Me curvo em alongamentos com
       Os pés enfiados na lama...produzida
       Pela arrebentação da água do mar
       Na areia ,relaxo!percorro o olhar nos
       Nos vôos livres de pássaros marinhos
       A estas horas!,vou tomar uma gelada...
      
 
 Vida Nova                
autor: Antonio Souza

corro ingrime em solo rochoso
de olho num profundo...negro...
abismo...as pedras,esfolam os
pés,encharcam a alma de tensões
já não enxergo meu descontrole                                                                    
nem o tempo desta corrida,durmo
ou estou morto?finjo que não sei
nada doí,sou meu próprio torpor
enigmático,curioso em alucinações
escorrego em adjetivos e verbalizo
meu espirito já alcoolizado de
tanto correr,digo em voz alta para
ninguém...estou com sede,experimento
a boca seca..passo a língua pelos
dentes num forte suspiro...durmo!
volto no ponto onde parei,me servem
um jarro com água,beberico este
mundo novo...

                                “A” AMO
Amo a letra “A”...como tantas...outras letras
Mas “A” tem tons aromas,se quiseres acentos...
Vive meu momento atônito , curte meu olhar...
Alienado,adoça-me,me admira ,me chama de “A”
Adorável ...adoeço no amar.Adubo pra muito alem
Esta amada do meu finito alcance.Alego na alegria
Da minha alcova ,advogar sobre teu corpo...Oro!
Aceno ao  meu acervo de esquecimentos! Abro-o
Acento na forma contida, letras! Amarelos
Acesso a ira dos desejos! Aceso . ..arrasto
Meus acessórios... de trabalho.Adulo-te
Sem advertências, em abraços de amores
Nada como pudesse ser tão perspicaz! Arrogar
A ansiedade d’alma,ando arrimo de ejaculatórias
Arrisco... arisco um galho de arruda no vão da orelha
Autômato !  Meu arsenal de ideias arde na fluorescência
Do amor! Mais que avivar no azeite a minha arrogância
Fui avisado ...! No meu axioma.Isto azedou minhas
Averbações ,avinagrado, saio as avessas. Irei me aventurar
Nestas avenidas como artesão! Adubarei todos os canteiros
Com amor...aberto,adoidado,alcoolizado,porem atento!
Andarei sobre as metáforas do conhecimento...
 
 
Sobre o Corretor | Pesquisa Completa | Vender Meu Imóvel | Notícias | Links Úteis | Parceiros | Fale Conosco
  (13) 9884-14602
a7verimoveis - Antonio Souza Corretor de Imóveis creci45237
atendimento OnLine
informações,tabelas,formas de pagamento,arquivos
agendamento de visita in loco

telefone (13)988414602 (13)981319233
e:mail - a7verimoveis@hotmail.com



Site para Imobiliarias
Site para Imobiliarias